Maranho Cardans

Postado dia quinta, 05 de dezembro de 2019 às 15h52

O consórcio formado pela empresa de logística GLP e construtoras médias venceu o leilão da rodovia MS-306, realizado nesta quinta-feira (5) na B3, em São Paulo. O grupo ofereceu o pagamento de R$ 605,3 milhões de outorga ao governo do Mato Grosso do Sul, valor seis vezes maior que o do Consórcio Via Brasil, que ofereceu uma outorga de R$ 100 milhões.

O anúncio da vencedora foi feito pelo deputado estadual Gerson Claro (PP) na Assembleia Legislativa. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e Eduardo Riedel, secretário de Governo, estão na Bolsa de Valores para acompanharem a licitação.

A Via Brasil é liderada pela Conasa Infraestrutura, que administra concessões rodoviárias no Estado vizinho, o Mato Grosso. O grupo chinês CCCC compareceu em massa na B3, mas apenas para acompanhar a disputa.

Concessão da MS-306
A previsão é da empresa vencedora investir R$ 1,7 bilhão na estrada, nos próximos cinco anos. Após definido o vencedor do leilão, a expectativa é de que o contrato seja assinado até fevereiro de 2020, e depois, as obras tenham início.

O leilão representará a primeira concessão rodoviária de Mato Grosso do Sul na rota de escoamento da produção de de açúcar, álcool, algodão, soja e milho.


Fonte: Midia Max