Maranho Cardans

Postado dia segunda, 02 de setembro de 2019 às 15h01

Junto com o anúncio da venda de 493 caminhões para a Ambev e da ampliação na produção de chassis de ônibus, a Mercedes-Benz anunciou um investimento de R$ 1,4 bilhão para lançar a nova linha de caminhões da marca no Brasil. A empresa espera que o mercado interno de caminhões cresça em 2020.

Ao todo, a empresa irá investir, até 2022, mais de R$ 2,4 bilhões nas unidades brasileiras.

A Mercedes-Benz é a empresa que mais vende caminhões no Brasil. No ano de 2018, a empresa emplacou 22.290 caminhões no Brasil, representando 29,16% das vendas totais de caminhões. Neste ano, até julho, a montadora já vendeu 17.577 unidades, com 31,46% de participação no mercado.

Os caminhões da montadora são reconhecidos pela robustez, baixo custo de manutenção e eficiência no consumo, e tem elevado valor de revenda. Esses atributos são esperados para os novos modelos da montadora, que devem ser lançados na Fenatran.

Além do novo Actros, apresentado em 2011 na Europa, a montadora deve trazer ao Brasil o modelo Antos. Os dois caminhões tem sido vistos em testes nas estradas brasileiras há bastante tempo.

As vendas dos novos modelos serão iniciadas no início de 2020. Esses novos modelos serão produzidos na fabrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo. A fábrica da montadora em Juiz de Fora-MG, ficará responsável pela produção e pintura de cabines para todos os modelos da Mercedes-Benz.

Fonte: Blog do Caminhoneiro