Maranho Cardans

Postado dia sexta, 13 de setembro de 2019 às 10h15

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira aumento de R$ 0,0542 no litro do diesel e manteve inalterado o litro da gasolina nas refinarias e pontos de entrega da empresa no país.

No caso do diesel, nos mesmos pontos de entrega, a Petrobras elevou o combustível em 2,49% na refinaria de Paulínia, onde o litro subiu de R$ 2,166 para R$ 2,220 na modalidade Ex-Ponto “A”. Na mesma modalidade, houve elevação de 2,61% em São Francisco do Conde (BA), onde o litro passou de R$ 2,066 para R$ 2,120. Já em Araucária (PR) houve avanço de 2,55%, de R$ 2,114 para R$ 2,168, no preço do litro.

Os últimos reajustes nos combustíveis foram anunciados pela empresa no dia 05 de setembro, quando houve acréscimos de R$ 0,0525 no litro do diesel e de R$ 0,0223 no litro da gasolina.

A Petrobras deixou de informar o reajuste médio dos combustíveis no início desde mês, quando se adequou a uma determinação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que pretende maior transparência na formação de preços dos derivados. De acordo com a regra, a empresa deve informar o preço de venda em cada um dos seus pontos de distribuição espalhados no país.

O levantamento toma como base os preços praticados nos três pontos de suprimento que movimentam os maiores volumes de diesel e gasolina produzidos pela Petrobras, nas refinarias Replan (Paulínia/SP), Rlam (São Francisco do Conde/BA) e Repar (Araucária/PR). O modelo de contrato de referência é o Ex-Ponto “A” (EXA), relativo à cobrança pela entrega do derivado por duto.

Fonte: Valor