Maranho Cardans

Postado dia segunda, 10 de junho de 2019 às 06h58

Os preços dos combustíveis nos postos brasileiros recuaram na semana, mostraram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira, após a Petrobras ter anunciado um forte corte nas cotações do diesel e da gasolina em suas refinarias no final da semana passada.

O valor médio do diesel nas refinarias da Petrobras foi reduzido em 6% a partir do sábado, enquanto na gasolina o recuo foi de 7,16%, em movimento que acompanhou a baixa nos preços internacionais do petróleo em maio.

Nas bombas, no entanto, a maior retração nesta semana foi do valor do etanol hidratado, concorrente direto da gasolina, com baixa de 1,99%, para em média 2,859 reais por litro, segundo a ANP.

O movimento nos preços do etanol acontece em meio à fase inicial da safra 2019/20-- até 15 de maio, 236 usinas já estavam em operação no centro-sul do Brasil, com expectativa de que mais 11 unidades iniciassem a produção até o final do mês, segundo dados da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica).

Na gasolina, houve uma redução média de 0,64% nos preços praticados nos postos brasileiros, para 4,520 reais por litro.

Já o diesel, combustível mais utilizado do país, viu as cotações caíram 0,25% na comparação semanal, para 3,645 reais por litro, de acordo com a ANP.

O repasse dos reajustes da Petrobras aos consumidores depende de distribuidores, revendedores e impostos, além da mistura obrigatória de etanol anidro na composição da gasolina vendida nos postos.

Fonte: Terra