Maranho Cardans

Postado dia quinta, 04 de abril de 2019 às 06h06

Um novo desvio específico para caminhões e veículos pesados deve começar a funcionar a partir desta quinta-feira (5) na BR-010, conhecida como Belém-Brasília. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dezenas de caminhões estão estacionados em postos de gasolina e paradas nas estradas ao redor da rodovia esperando para seguir viagem.

A BR-010 está interditada há vários dias após as fortes chuvas causarem um rompimento de cerca de 30 metros num trecho da via entre as cidades de Ipixuna do Pará e Aurora do Pará, cidades do nordeste do Pará.

O DNIT trabalha para recuperar a rodovia e colocar uma ponte móvel sobre a cratera que se formou no local, mas até o momento veículos leves tem sido orientados a seguir por um desvio. Este caminho alternativo, porém, ainda não pôde ser usado pelos caminhões. Por isso, a nova rota é importante.

A PRF afirma ainda que uma unidade do Exército Brasileiro deve doar uma ponte metálica que será montada no local de forma permanente. A orientação dos agentes da PRF é que os caminhões aguardem para que o trânsito no local seja restabelecido.

Entenda
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por conta da chuva forte, o rio Candiru transbordou e rompeu a pista no KM 236. A tubulação não suportou o volume de água e saiu destruindo tudo pela frente. Um desvio de 45 quilômetros está sendo feito. Ainda de acordo com a PRF, a única alternativa para quem está entrando no estado é pela BR-222, indo por Marabá.

O trecho interditado fica entre o município de Aurora e Ipixuna do Pará. A única maneira de chegar à capital é desviando pelo município de Dom Eliseu, na BR-222 até Marabá. Em seguida o motorista deve seguir pela PA-150 até Belém.

Fonte: G1